Convocação Urgente para votação do novo plano de cargos da extinta AGANP e outros concursos

O Instituto Brasileiro de Auditoria, Dados e Transparência – IBRADAT, organização surgida da união da Comissão dos Aprovados na Reserva da AGANP (C.A.R.A.) e do Movimento União AGANP, no exercício da defesa dos interesses dos aprovados em concurso e servidores públicos que representa, e

CONSIDERANDO a proposição 2018.002.966 da Assembleia, que dispõe sobre o Plano de Cargos e Remuneração do Cargo de Técnico em Gestão Pública que integra o Grupo Ocupacional Técnico-Governamental, alterando a nomenclatura do cargo de Assistente de Gestão Administrativa para Técnico em Gestão Pública;

CONSIDERANDO a proposição 2018.002.965 da Assembleia, que dispõe sobre o Plano de Cargos e Remuneração de cargos que integra o Grupo Ocupacional Analista-Governamental, alterando a nomenclatura do cargo de Analista de Gestão Administrativa para Analista-Governamental;

CONSIDERANDO que essas propostas somente criam um plano de cargos, de aprovados em concursos, sem qualquer reajuste ou aumento nos vencimentos;

CONSIDERANDO que, ao criar esse plano, moverão os aprovados nos concursos (nomeados ou não), remanescendo no plano atual os que foram enquadrados ou aderiram ao plano;

CONSIDERANDO que o número de vagas do cargo de Analista de Gestão Administrativa da extinta AGANP manteve-se em 1.633 nesse plano, não prejudicando quem ainda não foi nomeado;

CONSIDERANDO que, mesmo ocorrendo uma redução dos números de vagas do cargo de Assistente (cai de 5.488 para 3.388), ainda sobrarão 1.333 vagas não ocupadas;

CONSIDERANDO que a estimativa do quantitativo de pessoas que ainda queiram assumir esse cargo seja de no máximo 800, não prejudicando os assistentes não nomeados;

CONSIDERANDO que outros servidores públicos que ficarão no atual plano de cargo não serão prejudicados de qualquer forma em seus direitos;

CONSIDERANDO que estes mesmos servidores, em sua maioria, possuem benefícios não contemplados pelos aprovados em concursos, como o FGTS, por exemplo, e manterão seus benefícios;

CONSIDERANDO que esses servidores entendem, incorretamente, que estão sendo prejudicados com as propostas;

CONSIDERANDO que eles compareceram a votação e farão de tudo para convencer os deputados a não aprovarem tais propostas; e, finalmente

CONSIDERANDO que não há tempo para demostrar que a proposta será benéfica, a longo prazo, para todos os envolvidos, e que eles também não querem nos escutar;

CONVOCAMOS todos os Assistentes e Analista de Gestão Administrativa, assim como seus familiares e amigos, a comparecem na sessão que apreciará as duas propostas, a ser realizada amanhã dia (28/06/2018) ás 14:00, no Auditório Sólon Amaral / Comissão de Constituição e Justiça, para mostrar aos deputados os benefícios da proposta e exigir sua aprovação.

Precisamos levar máximo de pessoas para demostrar a força que temos diante daqueles que, por ignorância e manipulação, não entendem que serão também beneficiados.

Enquanto isso, pedimos que se cadastrem e votem no site da assembleia, na matéria proposta. Também é uma grande forma de demostrar força. Peço para familiares, amigos e pessoas que confiam.

Conto com todos vocês.

Atenciosamente,

Flávio Coutinho
Diretor
IBRADAT