Governador não recebe o Fórum em Defesa dos Servidores e do Serviço Público de Goiás

Governador não recebe Fórum. Manifestação marcada para o dia 29.
Governador não recebe Fórum. Manifestação marcada para o dia 29.

Na manhã desta segunda-feira, 21, integrantes do Fórum em Defesa dos Servidores e do Serviço Público de Goiás tentaram se reunir com o governador Marconi Perillo ou com um representante do governo para continuar a discussão sobre a data-base, com o intuito de resolver a situação definitivamente. O encontro foi marcado para as 9h, no hall do 9º andar do Palácio Pedro Ludovico Teixeira, Praça Cívica, e contou com a presença de 18 líderes.

Fórum reiterou que a data-base foi promessa do governador em sua campanha eleitoral e após esta, durante reunião com os líderes classistas. O reajuste de 1,68% não atende aos anseios do funcionalismo público, que não abre mão da recomposição integral dos seus salários, cujo índice é de 6,47%.

As duas manifestações anteriores atraíram a atenção da mídia e passaram o nosso recado para o governo e para a sociedade: queremos os nossos reajuste inflacionários devidos e a nomeação de toda a reserva da AGANP, pois o governo demostrou possuir caixa ao nomear e reajustar salário de comissionados.

Aguardamos pacientemente, demos ao governo tempo para equilibrar as contas do Estado. Na primeira semana de novembro, a lei nº 17.649 criou 1.616 cargos comissionados e reajustou vencimentos retroativamente causando impacto de cerca de 27 milhões na folha de pagamento. Devemos agir, ou seremos colocados sempre em segundo plano na política salarial do Estado.

Próxima Manifestação

No fim da manhã, ficou estabelecida uma reunião com todos os integrantes do Fórum para a próxima segunda-feira, 28, às 8h, na sede da Affego. O objetivo é discutir assuntos de interesse da classe. Após essa data, caberá à categoria decidir, em Assembleia, quais as próximas ações em relação à data-base.

Equipe União AGANP

Com informações da Affego, Sindifisco e Sindsaúde.