Fórum dos Servidores encaminha ofício ao governador Marconi Perillo

Por Cristiano Leobas
05 de julho de 2011

O Fórum em Defesa dos Servidores e Serviços Públicos de Goiás encaminhou hoje pela manhã ofício ao governador Marconi Perillo manifestando a sua insatisfação com a demora no andamento das negociações da data-base. No documento, o funcionalismo estadual expõe a dificuldade em manter o diálogo com o governo para obter o reajuste geral de salários, que foi proposta de campanha do atual chefe do Executivo. Veja abaixo:

Excelentíssimo Senhor Governador,

Nós do Fórum em Defesa dos Servidores e Serviços Públicos de Goiás vimos manifestar nossa insatisfação diante da demora no andamento das negociações da data-base motivada pela dificuldade de sermos recebidos pela equipe do governo designada por Vossa Excelência para tratar do assunto.

Vossa Excelência havia determinado que fosse formada uma comissão mista – integrada por membros deste Fórum e os secretários Giuseppe Vecci (Planejamento) e Simão Cirineu Dias (Fazenda) – com o objetivo de estudar um forma de conceder a data-base neste e nos próximos anos que fosse vinculada ao crescimento da arrecadação estadual.

No entanto, contrariando esta determinação, Vecci e Simão Cirineu apresentaram, unilateral e arbitrariamente, uma proposta de reajuste de 1,68%, sem nenhuma negociação nem diálogo com os servidores. Este índice é humilhante e completamente injusto com as categorias de servidores públicos, sobretudo porque muitos de nós estamos sem receber data base há cinco anos, acumulando perdas inflacionárias superiores a 40%.

Vossa Excelência assumiu o compromisso de valorizar o funcionalismo público e de pagar a data-base, cumprindo o que determina a lei, no que confiamos. Agora, diante da falta de diálogo com seus auxiliares, reivindicamos nova audiência com Vossa Excelência até a próxima quinta-feira, dia 7 de julho, e reiteramos que o reajuste não poderá ser inferior a 6,47% (índice da inflação do exercício anterior – “2010: INPC/IBGE”), com pagamento retroativo a maio de 2011, conforme imposição da Constituição Federal (art. 37, V) e Constituição Estadual (art. 92, XI), ambas normatizadas pela Lei Estadual n.º 14.698/2004 e planos de carreiras.

Contatos com:

Rogério Cândido da Silva (Sindifisco): 8484-7190
Aloísio Carlos (Sindipúblico): 9686-4971
Elivan Germano (Sindsemp): 8419-7751
Maria de Fátima Veloso (Sindsaúde): 9247-8233
Maria Euzébia de Lima (Sintego): 9976-0413

Certos de sermos atendidos, antecipamos nossos agradecimentos

FÓRUM EM DEFESA DOS SERVIDORES E SERVIÇOS PÚBLICOS DE GOIÁS

Fonte: http://www.sindifiscogo.org.br/index.php